Arquitetura     |    Decoração e Interiores     |     Nossas Histórias     |     Viagens     |     Diário de Reforma  

Feriado no Chile!

01.11.2017

Hoje vamos falar de coisa boa! Vamos falar do que eu mais gosto de fazer no meu tempo livre: viagem e vinho! rs

 

No último feriado fomos conhecer Santiago, no Chile, e atendendo à pedidos vou compartilhar então nosso roteiro. Aproveitem! rs Conto mais detalhes sobre cada passeio nesse pots aqui.

 

 

Dia 1 - Cajón del Maipo e Termas Colina

Chegamos por volta de 3h da manhã no Aeroporto de Santiago e às 6:30 fizemos o passeio Cajon del Maipo y Termas Colinas, com a agência de turismo Sousas Tour (Recomendo, os guias eram incríveis e o passeio foi inesquecível!)

Foi bem cansativo porque estávamos a 24 horas sem dormir, mas não nos arrependemos nem por um minuto! A vista é incrível, a experiência maravilhosa, regada a um friozinho, bons queijos e vinhos!

O passeio leva o dia todo, voltamos para o Hotel por volta de 19h e devido ao cansaço jantamos por lá mesmo!

 

 

Dia 2 - Vinícolas

 

 

 

 

 

O 2° dia ficou reservado para as Vinícolas. Escolhemos visitar a Concha y Toro e a Santa Rita, ambas próximas da cidade e entre si, o que nos permitia fazê-las no mesmo dia. Existem diversas outras vinícolas maravilhosas na região de Maipo, mas como era longe acabamos deixando para uma próxima oportunidade.

Saindo das Vinícolas, voltamos de metrô e paramos direto no Shopping Costanera, onde demos uma volta pelo Shopping e subimos no Sky Costanera para ver o por do sol. Esse é o maior mirante da América Latina e vale muito a pena passar o final do dia descansando e admirando a paisagem por aqui.

De quebra, ainda tem wi-fi grátis (para os interneteiros de plantão rsrs)

 

 

 

Dia 3 - Passeio Urbano

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reservamos esse dia para conhecer Santiago. Fomos apé do Hotel até o Centro, caminhando pelas ruas principais, onde pudemos ver feirinhas de bairro, algumas igrejas menores pelo caminho e outros pontos que não estavam pelos roteiros convencionais. 

Chegando ao centro, visitamos a Plaza de Armas, Prédio dos Correios, Catedral Metropolitana, vimos os cafés com pernas pelo Paseo Ahumado, entramos no Museu de Belas Artes e no Mercado Central. 

Almoçamos em um restaurantezinho da Plaza de Armas, tomando cerveja e petiscando uma pizza, mas fica a dica para almoçar no Mercado Central, achamos muito bacana e estava lotaaaado de gente almoçando por lá!

Daqui, seguimos para La Chascona, onde tivemos uma experiência maravilhosa de visitar a Casa de Pablo Neruda e conhecer um pouco mais desse escritor memorável!

Finalizamos o dia conhecendo alguns barzinhos e hamburguerias na região de La Chascona. Tem muitos por ali e todos bem avaliados, ótima opção para tomar um Pisco, cervejas artesanais, vinho e ficar até não aguentar mais! hahahahaha

 

Dia 4 - Dia Livre

 

Já era domingo e deixamos esse dia com roteiro "livre" para decidirmos no dia o que gostaríamos de fazer. Nossas opções:

1-Visitar o Cerro Santa Lúcia e o Templo Bahaí

2-Fazer o passeio de Vina del Mar e Val Paraíso, com parada de almoço na Vinícola Casas del Bosque

3-Alugar um carro e conhecer as vinícolas La Postolle e Montes Way, que ficavam há cerca de 2 horas de Santiago.

 

Qual fizemos? Nenhuma dessas, porque infelizmente tivemos alguns imprevistos nessa viagem e fomos reajustando esse roteiro todo ao longo dos dias! hahahahha Conto pra vocês com detalhes no próximo post!

 

Dicas Indispensáveis:

 

1-Leve uma bolsinha de remédios, lá até Neosa só com receita médica!

2-Se for em passeios com neve, leve toalha e roupa de frio específica, pra não voltar doente como eu (kkkkk);

3-Não deixe de comprar o chocolate SAHNE-NUSS. Ele é da Nestlé mas é completamente diferente dos que temos disponíveis no Brasil. É meio amargo e lotaaaaaado de amêndoas inteiras, uma perdição! Traga vários, não só um. Encha a mala. (Já deu pra perceber qual é minha terceira paixão, né? rsrsrsrs)

4-Compre vinhos, muitos! No supermercado e nas lojas especializadas você encontra a preços muito mais baixos do que no Brasil, mas nas vinícolas também existem promoções que ficam mais baratas do que nos supermercados, aproveite!

5-Alugue um carro para ir e voltar das vinícolas, vale a pena.

6-Qualquer problema ameace chamar os "caramineiros", fiquei impressionada em ver como lá eles temem mesmo a polícia local.

7-Se gostar de Azeite, compre o Alonso, tem nos supermercados e é maravilhoso!

8-Dica de Ouro: muita atenção com os taxistas! Podendo, vá de metrô, alugue um carro ou vá de Uber. Os taxistas por lá são MEGA desonestos, passamos por tudo: taxista que não deu troco, que alterou taximetro, que fez um caminho mil vezes mais longo pra ficar mais caro, que disse que nossa nota era falsa, enfim..... Estejam atentos, sempre!

 

Recomendação:

 

Eu tenho uma certa "mania" de sempre querer conhecer a cidade no primeiro dia, pra sentir o clima, me "localizar" no mapa, saber o que tem, como é, enfim... É um vício que pratico em todos os roteiros que faço e que de fato acho extremamente importante. 

Não sei se pelo fato de ser arquiteta, mas para mim é fundamental no primeiro dia fazer um "reconhecimento urbano" da área hahahahaha

Como viajamos em mais pessoas dessa vez, não decidi o roteiro sozinha, por esse motivo conhecer a cidade acabou ficando para o terceiro dia e eu realmente recomendo que caso você possa desenhar o seu roteiro, faça a cidade logo que chegar. 

 

Santiago é lindo, "saboroso" (hhahahahaha) e cheio de lugares bacanas pra visitar!

Ficamos com um gostinho enorme de "quero mais"!

 

 

Super beijo!

Nati.

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

O Quarto do #nossoape_43

27.06.2018

1/2
Please reload

Conta pra gente o que você gostaria de ler aqui no blog.

Entre em contato!

Arquivo

Natália Salla

@nataliasalla.arq  contato@nataliasalla.com.br

Vila Mariana  |  São Paulo