Para ler, se informar e se inspirar. Traduzimos aqui nossa paixão por aprender, compartilhar e ensinar! 

Arquitetura     |    Decoração e Interiores     |     Nossas Histórias     |     Viagens     |     Diário de Reforma  

A história da Camila e do Apto 21

Aqui no blog, o espaço “Nossas Histórias” é um cantinho pra contarmos pra vocês um pouco das histórias e significados de cada projeto que desenvolvemos com tanto carinho. Falamos um pouco sobre o processo, as características de cada cliente, os pedidos que são feitos e as soluções que são apresentadas.

A ideia é mostrarmos pra vocês como temos um prazer imenso em ajudar cada um a realizar o sonho de ter seu próprio cantinho e como cada projeto tem uma história enorme e interessante por trás das imagens ou fotos que são divulgadas.


❤ Vou começar dizendo que este é um dos projetos que eu mais amo ter feito. ❤

A história da Cá com esse apê é bem antiga e envolve muito amor. Adquirido logo no início da sua carreira profissional, o apê 21 fica numa rua gostosa do bairro Vila Olímpia, com fácil acesso à Shopping Center, barzinhos e tudo de bom que esse bairro tem pra oferecer (quem já foi pra lá, sabe como é, né?!)


O prédio é desses mais antigos, com janelas generosas e espaços pequenos, mas confortáveis. O apartamento tem cerca de 65m², dois dormitórios, um banheiro, cozinha com área de serviço e uma sala. Quando o conhecemos ainda tinha todos os revestimentos originais, com revestimentos e móveis bem “retrôs”, rs. A cozinha era dividida por alvenaria da sala e da área de serviços, como era de costume nos empreendimentos mais antigos.

A Cá nos procurou para fazer uma reforma no apê, pois já que é pertinho do trabalho, tem dois quartos e uma vida muito bem vivida por ali (rs) a ideia era renovar o que já tinha ao invés de buscar um novo apartamento.


Essa nossa cliente é madura, informada, viajada e cheia de cultura absorvida! Ela já sabia boa parte do que queria, mas ainda com muitas ideias misturadas na cabeça que tratamos de ajustar! O pedido principal dela era ter uma casa clean, de cores claras, sem revestimentos muito marcantes e, sobretudo, com cozinha integrada.

Depois de um bate papo longo e produtivo, a Cá recebeu o projeto dela assim: em uma única etapa, com as imagens finais já renderizadas e numa manhã de dia de semana (que não me lembro ao certo), pelo whatsapp (rsrs....)

Nesse momento trabalhamos apenas nos ambientes da sala, cozinha e área de serviços. Decidimos integrar a cozinha com a sala, mas como ela não gosta de cozinha americana, deixamos a passagem totalmente livre, o que ampliou muito o ambiente!


Os revestimentos são todos bem clarinhos, com uma bancada maravilhosa em Nanoglass branco e marcenaria branca com detalhes em madeira. Tanto o porcelanato da cozinha quanto o azulejo acima da bancada são da Portobello. Por uma questão de custo e tempo, não rebaixamos o teto e não colocamos o forro, o que resultou em um ambiente mais alto e com luminárias de sobrepor.




Quando fizemos o projeto, esse azulejo da Portobello ganhou o coração da Cá (e o meu também! Hahaha), mas quando fomos comprar veio a surpresa... Fora de linha! Desesperadas, corremos atrás de todas as Leroy Merlin de São Paulo em busca da quantidade que precisávamos porque não queríamos trocá-lo de jeito nenhum. E não nos arrependemos, né Cá?!

Mas Nati, seus projetos são assim? Recebo no susto, uma única vez e não posso mais mudar nada? Nãão gente, fiquem tranquilos! Rs Fizemos alguns ajustes sim, como vocês podem ver na foto do projeto executado abaixo.

A Camila preferiu a parede da TV toda branquinha, então abolimos a textura de cimento queimado. Também trocamos as prateleiras por um painel de ripas de madeira que ficou lindo! Colocamos um pendente em cima da mesa, que também substituímos o modelo por esse da foto abaixo (escolhido a dedo por ela!)

A mesa redonda Sarineen de mármore carrara também foi trocada (custo e preferência da moradora), pela mesa Loft do Fernando Jaeger, que tem um design contemporâneo e custo benefício excelente.


As cadeiras, antes Eammes Wood, foram substituídas pelo modelo Marina, do Fernando Jaeger, que, inclusive, eu recomendo o investimento! (notem como a cadeira muda completamente a “carinha” do projeto!)

A reforma do apê durou aproximadamente dois meses, mas, detalhe: a Cá estava morando lá! (Imaginem a loucura?! A sujeira!? O stress?! Rs....) Mesmo assim, foi tão recompensador ver tudo ficando pronto que ela me ligou contando que havia decidido reformar o banheiro também!


Só vou mostrar para vocês o resultado final dele nas fotos abaixo, pois por urgência em iniciar a obra, acompanhei a Camila até a Leroy Merlin e juntas escolhemos na hora tudo que faria parte deste novo ambiente. Seguimos, por tanto, o mesmo conceito da cozinha e da sala: banheiro clean, bem leve e claro, com poucos revestimentos e pintura nas paredes fora do box.


Eu sempre recomendo aos meus clientes: faça aos poucos, mas faça com tudo como você quer! E é assim, devagarzinho, que a Cá continua decorando os ambientes com os itens que havíamos previsto em projeto e com alguns outros que ela trás de suas viagens!


Acho que quem leu até aqui merece uma surpresa, certo?! Então vou revelar a vocês porque esse é um dos projetos que eu mais amo ter feito!


Sabe aquela prima amorosa, que na verdade é igual irmã? Sabe aquela pessoa de coração imenso, super família, que te apoia, se orgulha de você e que está com você em todos os momentos importantes da vida? Sabe aquela pessoa alegre, sorridente e engraçada? Pois bem, essa é a Cá! Minha prima-irmã super querida e com quem eu tive a oportunidade de morar durante quase um ano. Sim, nesse apê que ganhou reforma e, por isso, foi tão fácil e tão gostoso acertar o projeto dela! ❤


Gostaram da nossa primeira história? Deixa um comentário pra gente! :)


Natália.

Posts Em Destaque

Conta pra gente o que você gostaria de ler aqui no blog.

Entre em contato!

Arquivo

Natália Salla

@nataliasalla.arq  contato@nataliasalla.com.br

São Paulo | Rio de Janeiro